Como aqui configurado, o X1 é quase irresistível, encerrando praticamente tudo o que de melhor há num produto X da BMW: Potência, look desportivo, equipamento e qualidade. Mas...

No universo X1, esta unidade tem o maior motor Diesel da gama, está apenas um nível abaixo da potência máxima, tem o pack de equipamento mais caro, as maiores jantes disponíveis, a direção mais evoluída, a suspensão mais sofisticada, caixa automática de oito velocidades e tração às quatro rodas. E em cima de tudo isto mais 10 mil euros em extras. Perante tantos argumentos, o que há para não gostar neste X1, para além dos exorbitantes 65 mil euros? Pouco, certamente, mas sobra lugar para um par de “mas”. Esta é a melhor geração X1: por dentro, boa qualidade de construção, sem chapa à vista, superfícies suaves, o mesmo nível de acabamentos em todos os lugares e, com recurso aos opcionais, bem decorado, envolvente e desportivo, por um lado; sofisticado e tecnológico, por outro, incluindo o referencial sistema de infotainment com navegação e serviços (opcionais) com a mesma lógica e funcionalidades dos BMW “grandes”, sendo também o mais funcional, lógico e completo do mercado. Paralelamente, há também os práticos tiques de monovolume (bancos traseiros deslizam e reclinam) e espaço como nunca: cotas similares às do primeiro X3. Mas a 65 mil euros, e com tanta coisa, é legítimo pedir um tom acima da escala na condução... A que o novo X1 não chega. O motor de 190 cv tem potência de sobra para boas acelerações, suficiente para velocidades elevadas; a rápida tração integral impede o ridículo dos SUV que “patinam” no arranque em alcatrão escorregadio e ficam atolados no estacionamento do bosque; mas ainda assim este é um carro raramente emocionante, embora eficaz. A suspensão, mesmo com amortecedores pilotados, tem dificuldade em equilibrar a relação conforto/controlo de carroçaria; a direção tem uma progressividade nem sempre linear; e no limite, tudo resulta num comportamento algumas vezes difícil de entender.

Assine Já

Edição nº 1460
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes